segunda-feira, 17 de agosto de 2009

O assaltante...

Estava na casa de uma amiga de infância.
Filminho, pipoca, risadas, cerveja...
Derrepente, ouvimos a porta bater com força, me assustei e ela falou que era a mãe dela que havia chegado da rua.
O tempo passou e a mamady da minha amiga veio se sentar no sofá com a gente:

- gente vcs estão sentindo esse cheiro?
- cheiro não, cc dos infernos!
- parece cheiro de negão suado que tem 10 dias sem tomar banho.
- verdade, de onde está vindo?

Neste momento, todas levantamos os braços e cheiramos nossas axilas.

-eu n sou.
-nem eu.
- muito menos eu.
-gente, tem um ladrão aki!
-será?
- de onde mais está vindo esse fedor?
- é verdade, isso é cheiro de negão. tem um ladrão aki!

Estávamos todas de camisola. saímos desesperadas, munidas de vassouras e facas...

- eu tô com medo
- vamos buscar a ajuda de sr henrique! (vizinho idoso e gente fina, que faz caça, obviamente, possui arma).

Quando chegamos na porta do apartamento:

- gente, que incrível, o cheiro está vindo até aki.
- esse negão deve ser muito fedido para ter empregnado até o corredor com sua caatinga!

Eis que minha amiga para e fica vermelha...

- mãe, é a senhora que está fedendo!

Gente, eu passei uma semana rindo disso!

2 comentários:

Jorge Martins disse...

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Ric Dexter disse...

É como diz um amigo meu que é negão: - Tudo de ruim e errado é sempre o negão!

Véia fedida essa aí! Vai tomar banho, porra!

Beijos!